Papa pede paz na Terra Santa e na África em mensagem de Natal

O Papa Bento XVI pediu nesta quinta-feira paz na Terra Santa, onde o horizonte parece voltar a ficar obscuro para israelenses e palestinos, e nos países da África, onde falta estabilidade, em sua mensagem de Natal na praça de São Pedro, no Vaticano.

AFP |

"Que a luz divina se difunda na Terra Santa, onde o horizonte parece voltar a ficar obscuro para israelenses e palestinos", afirmou o Papa diante de milhares de fiéis reunidos na praça de São Pedro.

"Que se propague no Líbano, no Iraque e em todo o Oriente Médio", acrescentou o líder da Igreja Católica na sacada central da basílica de San Pedro.

Bento XVI pediu ainda que "frutifiquem os esforços daqueles que não se resignam à lógica perversa do enfrentamento e da violência e preferem, em troca, a via do diálogo e da negociação para resolver tensões".

Ao falar da África, o Papa mencionou diretamente o Zimbábue, a República Democrática do Congo, a província sudanesa de Darfur e a Somália.

O Papa se referiu ainda à crise econômica global, ao pedir que este Natal "anime a todos (...) com espírito de autêntica solidariedade em um mundo no qual se olha com desconfiança o futuro, que está se tornando cada vez mais incerto, inclusive nas nações do bem-estar".

"Se cada um pensar apenas em seus próprios interesses, o mundo se encaminhará para a ruína", advertiu o Sumo Pontífice.

nou/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG