Papa pede fim imediato das ações militares na Ossétia do Sul

Roma, 10 ago (EFE).- O papa Bento XVI pediu hoje o fim imediato das ações militares na região separatista georgiana da Ossétia do Sul, durante a reza do Ângelus na localidade alpina de Bressanone (Itália), onde passa alguns dias de férias.

EFE |

"Quero que parem imediatamente as ações militares e que se abstenham, em nome da comum herança cristã, de qualquer tipo de enfrentamento ou represália violenta que possa gerar um conflito de maior alcance", afirmou. EFE ccg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG