Papa pede conversão dos adeptos da bruxaria em Angola

O papa Bento 16 pediu neste sábado em Angola aos adeptos da bruxaria que se convertam à religião católica, durante uma missa na igreja de São Paulo, na capital angolana.

Redação com AFP |

"Muitos de vocês vivem com o medo dos espíritos, de poderes nefastos que os ameaçam, desorientados, e chegam a condenar crianças de rua e até idosos, porque, dizem, são bruxos", afirmou o pontífice em uma referência clara às várias seitas e religiões tradicionais africanas presentes em Angola.

"A eles é preciso anunciar que Cristo venceu a morte e todos estes poderes obscuros", disse o papa durante a homilia.

"Há quem objete que os deixemos em paz, que eles têm a verdade deles e nós a nossa. Que tentemos conviver pacificamente, deixando tudo como está."

"Estamos convencidos de que não cometemos injustiça alguma se apresentamos Cristo a eles (...) É para nós uma obrigação oferecer a possibilidade de alcançar a vida eterna", destacou.

Diante de bispos, religiosos e representantes dos movimentos católicos e missionários, em uma igreja remodelada e lotada, Bento 16 condenou tais movimentos na África, que na última década representam uma forte concorrência para a Igreja Católica.

    Leia tudo sobre: angolapapa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG