Cidade do Vaticano, 7 mai (EFE).- O papa Bento XVI pediu, após a audiência geral de hoje, ajuda e solidariedade para aliviar o sofrimento dos afetados pela passagem do ciclone Nargis por Mianmar (antiga Birmânia).

"Faço meu o grito de dor e o pedido de ajuda da querida população birmanesa, que viu destroçada sua vida, seus bens e seus meios de subsistência após a passagem do ciclone", disse o pontífice.

Além disso, Bento XVI convidou aqueles que podem ajudar a "abrir o coração à piedade e à generosidade" para "aliviar o sofrimento causado por tão enorme tragédia".

O papa enviou hoje um telegrama ao presidente da Conferência Episcopal de Mianmar, Paul Zinghtung Grawng, no qual pediu que "a comunidade internacional responda com um apoio generoso e eficaz aos necessitados".

Segundo os últimos dados proporcionados pelos meios de comunicação birmaneses, a passagem do ciclone deixou pouco mais de 22 mil mortos e cerca de 40 mil desaparecidos em Mianmar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.