O Papa Bento XVI pediu nesta quinta-feira às nações presentes na conferência de Copenhague sobre o clima que cheguem a um acordo vinculante, útil e justo para todos, acima de quaisquer intereses nacionalistas.

"Tanto do ponto de vista individual, quanto coletivo, é necessário chegar a compromissos mais decididos e amplamente compartilhados", afirmou o Papa ao receber no Vaticano um grupo de oito novos embaixadores creditados na Santa Sé.

kv/eg/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.