Papa pede a empresas que não busquem apenas lucrar

Cidade do Vaticano, 6 fev (EFE).- O papa Bento XVI pediu hoje que as empresas tenham maior responsabilidade social e que não busquem exclusivamente o lucro.

EFE |

Em discurso para funcionários da companhia energética italiana Acea, que este ano faz 100 anos, o papa ressaltou a importância de que cresça "a consciência sobre a necessidade de uma maior responsabilidade social das empresas".

Bento XVI indicou que, dessa forma, "a produção de bens e serviços não estará ligada exclusivamente aos lucros econômicos, mas também à promoção do bem de todos".

O papa ressaltou que o centenário da Acea coincide com o fim de "um período de dificuldades". A crise econômica global "levou o mundo a repensar um modelo de desenvolvimento baseado, sobretudo, nas finanças e nos lucros", afirmou.

Um modelo que, para o pontífice, passa a tentar colocar como prioridades "a ação do homem, sua capacidade de produzir, inovar, pensar e construir um futuro". EFE ebp/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG