O Papa Bento XVI partiu na manhã desta segunda-feira para Roma depois de visita de nove dias à Austrália, onde participou das Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ) ao lado de mais de 200.000 peregrinos católicos e pediu desculpas por abusos sexuais cometidos por sacerdotes pedófilos.

du/mcd/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.