Papa ordena 29 sacerdotes e pede anúncio do Evangelho em um mundo triste

Cidade do Vaticano - O papa Bento XVI ordenou neste domingo no Vaticano 29 novos sacerdotes, entre eles um chileno e um iraquiano, aos quais convidou a anunciar o Evangelho em um mundo muitas vezes triste e negativo.

EFE |

"Vossa missão é anunciar o Evangelho a todos, para que todos experimentem a alegria de Cristo e haja alegria em todas as cidades", afirmou o papa durante à homilia, na qual lembrou as palavra do apóstolo Paulo na carta aos Coríntios as quais dizem "nós não queremos ser donos de vossa fé, mas os colaboradores de vossa alegrias".

"Para serem colaboradores da alegria dos outros, em um mundo muitas vezes triste e negativo, é necessário que o fogo do Evangelho arda dentro de vós, que viva em vós a alegria do Senhor. Então sereis mensageiros e multiplicadores dessa alegria levando-a a todos, especialmente aos que estão tristes e desmoralizados", acrescentou o papa.

Bento XVI se referiu depois ao ritual da imposição de mãos sobre os novos sacerdotes, sublinhando que com o mesmo a Igreja na pessoa do papa, de pé e com as mãos, protege e pede ao Espírito Santo que consagre o candidato e que o diácono, de joelhos, recebe a imposição pelas mãos.

Os 29 novos sacerdotes pertencem à diocese de Roma, daí porque são ordenados por Bento XVI, que é o bispo da Cidade Eterna.

Leia mais sobre: Papa

    Leia tudo sobre: papa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG