Papa: nem escrava nem dominadora, a mulher deve ser a companheira do homem

Deus quis que a mulher seja a companheira do homem e não sua escrava ou dominadora, declarou o Papa Bento XVI durante sua última audiência-geral do ano nesta quarta-feira.

AFP |

"Deus criou a mulher a partir da costela de Adão e não, por exemplo, a partir de sua cabeça, para que ela não seja nem dominadora, nem escrava, e sim sua companheira", declarou o Papa, citando o teólogo medieval e bispo de Paris, Pierre Lombard.

"Como a mulher foi criada a partir da costela de Adão enquanto ele dormia, a Igreja nasceu dos sacramentos que foram repartidos, de um lado de Cristo adormecido na cruz, ou seja, do sangue e da água que nos liberaram do sofrimento e nos purificaram de nossa culpa", acrescentou.

Os temas da família são recorrentes nos discursos de Bento XVI.

str/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG