Nações Unidas, 18 abr (EFE).- O papa Bento XVI afirmou hoje que a ONU tem o dever de intervir para proteger a população diante de crises humanitárias e violações de direitos, quando os próprios Estados não tomam essa atitude.

EFE ccg/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.