Papa explica a sacerdotes como enfrentar sofrimento e sacramentos

Cidade do Vaticano, 6 ago (EFE) - O papa Bento XVI se reuniu hoje com 400 sacerdotes em Bressanone (norte da Itália), onde passa férias, e respondeu às perguntas relativas ao sofrimento, à administração dos sacramentos e ao meio ambiente. No encontro, que aconteceu a portas fechadas na catedral de Bressanone, os sacerdotes fizeram ao papa seis perguntas sobre questões substanciais e de atualidade, informou o porta-voz do Vaticano, o jesuíta Federico Lombardi. O pontífice foi perguntado sobre a administração dos sacramentos a fiéis que não pareçam preparados. Antes era mais rígido na hora de dar os sacramentos, mas o exemplo de Cristo me fez ser mais acolhedor nos casos em que possivelmente não há uma fé suficiente, madura ou sólida, mas há uma intenção de busca, um desejo de comunhão com a Igreja, respondeu. Nestes casos, pode-se ser também mais generosos na administração dos sacramentos, aconselhou o papa. O porta-voz esclareceu que, sobre este tema, Bento XVI não fez referência à questão da comunhão para os divorciados, que, segundo as normas da Igreja, não podem recebê-la, pois são considerados pecadores. À pergunta sobre como enfrentar o sofrimento, feita por um sacerdote idoso que estava em cadeira de rodas, o papa lembrou a figura de João Paulo II, de quem disse: Foi um gigante da fé. Na segunda parte do Pontificado, João Paulo II foi o testemunho verdadeiro de como carregar a cruz, explicou Bento XVI. Lombardi disse que, pe...

EFE |

Sobre a visão católica da proteção do meio ambiente, Bento XVI pediu aos católicos "para dar exemplo com estilos de vida respeitosos".

Além disso, afirmou que "se você nega Deus, o mundo se reduz só à matéria e então faltam as bases para construir a responsabilidade do homem em relação à criação e a seu uso". EFE ccg/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG