Papa diz que sociedade dos EUA pode minar fé Católica

Por Tom Heneghan WASHINGTON (Reuters) - O papa Bento 16 elogiou a tolerância religiosa dos Estados Unidos na quarta-feira, mas alertou que a sociedade norte-americana pode silenciosamente minar o Catolicismo ao reduzir todas as fés ao menor denominador comum.

Reuters |

Falando aos bispos católicos do país, o papa disse que a igreja norte-americana não pode baixar a guarda contra o relativismo apenas porque a fé desempenha grande parte do papel na vida pública nos EUA --mais do que na secularizada Europa.

O forte caráter indivudualista na cultura norte-americana leva alguns católicos a 'escolher' doutrinas que gostam e a ignorar outras, disse o pontífice durante um longo discurso sobre os desafios para o Catolicismo nos EUA.

'Não é suficiente contar com essa religiosidade tradicional e fazer as coisas como de costume, já que a sua fundação está sendo minada', alertou ele aos bispos reunidos na Igreja da Imaculada Conceição, em Washington.

O 'tipo americano de secularismo', disse ele, 'pode sutilmente reduzir a crença religiosa ao menor denominador comum'.

O discurso para nove cardeais e 350 bispos norte-americanos foi a principal oportunidade dele de falar aos líderes da Igreja no país e revelou um nível profundo de preocupação com a superficialidade religiosa, às vezes chamada de 'religião civil'.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG