Papa diz que a família é a célula insubstituível e básica da sociedade

Cidade do Vaticano, 14 jan (EFE).- O papa Bento XVI pronunciou hoje um novo discurso em favor da família tradicional baseada no casamento entre um homem e uma mulher, o que chamou de célula insubstituível e fundamental da sociedade.

EFE |

O papa afirmou isto diante de cerca de cinco mil pessoas presentes na Sala Paulo XVI do Vaticano à audiência pública das quartas-feiras, às quais convidou a rezar e implorar a Deus a graça divina para o VI Encontro Mundial das Famílias, que começa hoje na Cidade do México e da qual participará em várias oportunidades através de videoconferências.

"Que este importante evento eclesiástico ressalte mais uma vez a beleza e o valor da família, suscitando em tudo novas energias em favor desta insubstituível célula fundamental da sociedade e da Igreja", declarou o pontífice em italiano.

Na saudação que dirigiu aos fiéis poloneses presentes, Bento XVI lhes disse em polonês que reza para que todas as famílias na Polônia e no mundo "consolidem e santifiquem o amor de Cristo".

O VI Encontro Mundial das Famílias acontece de hoje até o próximo dia 18 na Cidade do México, três anos após o anterior, realizado em Valência (Espanha).

Bento XVI também fez referência durante a audiência à união conjugal entre homem e mulher, e afirmou que a Igreja, tomando como referência esta união, é considerada a noiva de Cristo, "que a tornou sua pagando com sua vida". EFE jl/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG