Papa defende imigrantes na mensagem de Natal

O Papa Bento XVI pediu um tratamento humano aos imigrantes obrigados a deixar seus países por fome ou intolerância, ao anunciar nesta sexta-feira a mensagem de Natal Urbi et Orbi (À cidade e ao mundo) na praça de São Pedro, poucas horas depois da agressão que sofreu por parte de uma mulher com trastornos mentais.

AFP |

"Diante do êxodo daqueles que emigram de sua terra e por causa da fome, da intolerância ou da deterioração ambiental se vêem forçados a marchar para longe, a Igreja é uma presença que pede o acolhimento", disse o Papa, que não aparentava problemas de saúde e estava sereno.

Da sacada da basílica de São Pedro no Vaticano, Bento XVI anuciou a benção de Natal e foi aplaudido por milhares de fiéis e turistas.

kv/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG