Papa defende anúncio do Evangelho pela internet

VATICANO - O papa Bento XVI disse neste sábado que os sacerdotes devem anunciar o Evangelho não só pelos meios tradicionais, mas também pela nova geração de meios audiovisuais, como foto, vídeo, animações, blogs e sites, dirigindo-se também aos não fiéis.

EFE |

As declarações foram feitas por ocasião da próxima Rodada Mundial das Comunicações Sociais.

As comunidades eclesiais incorporaram há muito tempo os novos meios de comunicação como instrumentos de expressão e de contato com o próprio território, instaurando, em muitos casos, formas de diálogo ainda de maior alcance, disse.

Sua recente e ampla difusão, assim como sua notável influência, "tornam cada vez mais importante e útil seu uso no ministério sacerdotal", disse.

"A tarefa primária do sacerdote é a de anunciar Cristo, a palavra de Deus feita carne, e comunicar a graça divina que nos salva mediante os sacramentos", afirmou.

Para Bento XVI, as vias de comunicação abertas pelas conquistas tecnológicas se transformaram em um instrumento indispensável para responder adequadamente a perguntas teológicas, que surgem em um contexto de grandes mudanças culturais e notadas, especialmente, entre os jovens.

    Leia tudo sobre: papa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG