Papa critica opção militar e pede cessar-fogo na Faixa de Gaza

O Papa Bento XVI afirmou nesta quinta-feira que a opção militar não é uma solução para guerra em Gaza e pediu um cessar-fogo entre Israel e o movimento islamita Hamas, durante o discurso anual para o corpo diplomático credenciado no Vaticano.

AFP |

"Quero dizer mais uma vez que a opção militar não é uma solução e que a violência, independentemente de onde venha e da forma que tenha, deve ser condenada energicamente", declarou o Sumo Pontífice.

"Tenho esperanças de que, com o compromisso decisivo da comunidade internacional, seja possível restabelecer o cessar-fogo na Faixa de Gaza, uma condição indispensável para restaurar condições de vida aceitáveis para a população, e de que sejam retomadas as negociações de paz, rejeitando o ódio, os atos de provocação e a utilização de armas", acrescentou o Papa.

gd/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG