Papa conhece alguns animais exóticos da Austrália

O Papa Bento XVI queria ver alguns dos animais autóctones da Austrlia e teve seu desejo realizado nesta quarta-feira quando pode passar a mão em um koala, um walabi (pequeno canguru) e um crocodilo, segundo informou um porta-voz das Jornadas Mundiais da Juventude que se realizam em Sidney.

AFP |

Uma equipe do zoológico Taringa levou até a residência onde o Papa descansa desde que chegou à Austrália, no domingo, um grupo de animais que o Sumo Pontífice pode tocar na cabeça.

Entre os animais também havia um lagarto, um píton e equidna, um raro espécime de mamífero ovíparo.

Em seguida, Bento XVI se trasladou para o centro de Sidney para participar dos últimos detalhes de sua visita formal que se iniciará nesta quinta-feira.

Bento XVI se alojará numa casa próxima da catedral até o fim da visita, na manhã de segunda-feira.

Nesta quinta-feira deve ser recebido por meio milhão de pessoas no porto de Sidney, quando encabeçará as celebrações das JMJ.

cmc/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG