Papa chega à R.Tcheca sob fortes medidas de segurança

Praga, 26 set (EFE).- O papa Bento XVI chegou hoje a Praga, onde iniciou uma visita pastoral de três dias à República Tcheca, em sua 13ª viagem desde que foi eleito como pontífice, em 2005.

EFE |

O avião do papa, um Airbus 320 da companhia italiana Alitalia, aterrissou às 11h25 (6h25 de Brasília) no aeroporto internacional de Praga-Ruzyne, após partir do aeroporto italiano de Ciampino às 9h50 (4h50 de Brasília).

O papa foi recebido na chegada pelo presidente tcheco, Vaclav Klaus, e pela primeira-dama, Livia Klausova, assim como pelo arcebispo de Praga, cardeal Miloslav Vlk e Jan Graubner, presidente da Conferência Episcopal tcheca e arcebispo de Olomouc.

Após receber honras militares e ouvir os hinos nacionais, Klaus agradeceu a visita de Bento XVI e lhe desejou "uma agradável e frutífera estadia".

"Para nós, sua visita tem também um significado simbólico, como as estâncias de seu antecessor João Paulo II", acrescentou.

O papa viaja acompanhado do secretário de Estado do Vaticano, Tarcisio Bertone; do substituto ("número três" do vaticano) da Secretaria de Estado, Fernando Filoni, e de membros da Secretaria de Estado para a Europa Central, entre outros.

Praga é a primeira etapa desta viagem que o levará também às cidades de Brno, no coração da Morávia, e a Stara Boleslav.

A Igreja Católica tcheca espera um aumento de sua popularidade com a visita de Bento XVIr, pois o país centro-europeu é um dos mais secularizados, onde menos de um terço dos habitantes se declara católico.

As autoridades tchecas mobilizaram grandes medidas de segurança, que superam inclusive às da visita ao país do presidente americano, Barack Obama, em abril. EFE gm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG