Papa canonizará domingo duas religiosas veneradas na América Latina

O Papa Bento XVI canonizará domingo durante cerimônia solene no Vaticano cinco beatos, entre eles a equatoriana Narcisa de Jesús Martillo e a suíça María Bernarda Butler, que morou durante muitos anos na Colômbia.

AFP |

A notícia foi confirmada na página internet do Vaticano que anuncia as celebrações para o próximo domingo, na praça de São Pedro.

Nascida em 1833 em Nobol, Equador, beatificada em 1992 pelo então Papa João Paulo II, Narcisa de Jesús Martillo, falecida em 1869, será a terceira santa equatoriana, depois de Marianita de Jesús e o irmão Miguel.

A religiosa suíça, conhecida como sóror Maria Bernarda do Sagrado Coração de Jesus, nascida no cantão de Argovia (Suíça) em 1848 e falecida em 1924 em Cartagena, Colômbia, destacou-se no trabalho missionário na América Latina.

O papa canonizará também o beato italiano Gaetano Errico (1791-1860) e a religiosa indiana Alfonsa da Imaculada Conceição (1910-1946), que dedicou a vida aos pobres apesar das graves enfermidades de que padecia.

Trata-se de uma das poucas cerimônias de canonização a serem presididas por Bento XVI, que subiu ao trono de São Pedro no dia 19 de abril de 2005, e limitou o ritmo de canonizações e beatificações que chegaram, durante o pontificado de João Paulo II, a 482 santos e 1.338 beatos.

kv/erl/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG