O Papa Bento XVI desembarcou na manhã desta sexta-feira no aeroporto parisiense de Orly, onde foi recebido pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy, no início da primeira visita a França de seu pontificado.

"Amo a França, a grande cultura francesa, a arte francesa", disse o Papa aos jornalistas no avião que o levou de Roma a Paris.

O Sumo Pontífice chegou em um avião da Alitalia e foi saudado na pista do aeroporto por Sarkozy e sua esposa, Carla Bruni-Sarkozy.

Alguns minutos mais tarde, Papa foi recebido no palácio do Eliseu por Sarkozy. O presidente francês desceu as escadas da sede de governo para saudar o Pontífice, que acenou para os jornalistas e funcionários da presidência.

Sarkozy e Bento XVI terão uma reunião privada, antes de pronunciarem discursos, que devem aborar a polêmica questão do laicismo e o papel da Igreja na sociedade.

No avião que o levou a Paris, Bento XVI declarou que "a fé não é política e a política não é uma religião".

Além de Paris, primeira etapa da viagem, o Papa também visitará Lourdes (sudoeste da França), onde segundo a tradição católica a Virgem Maria apareceu para uma pastora.

Para dar boas-vindas ao Papa, que permanecerá na França até segunda-feira, os sinos de todas as igrejas da França foram tocados às 12H30 (7H30 de Brasília).

ema/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.