Papa Bento XVI receberá Ingrid Betancourt em 1º de setembro

Cidade do Vaticano, 25 ago (EFE).- O papa Bento XVI receberá em audiência em 1º de setembro a franco-colombiana Ingrid Betancourt, libertada após passar mais de seis anos seqüestrada pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), informaram hoje fontes vaticanas.

EFE |

A ex-candidata à Presidência da Colômbia, libertada em 2 de julho na Colômbia, será recebida na residência pontifícia de Castelgandolfo (cerca de 30 quilômetros de Roma), onde Bento XVI costuma passar os meses de verão (hemisfério norte).

A visita ocorre dentro da viagem que Betancourt realizara à Itália de 1 a 3 de setembro, no qual também se reunirá com o presidente italiano, Giorgio Napolitano, com o ministro de Assuntos Exteriores, Franco Frattini, e com o presidente da Câmara dos Deputados, Gianfranco Fini.

Durante a viagem, Betancourt se reunirá com o prefeito de Roma, Gianni Alemanno, pois a capital italiana concedeu a cidadania honorária à franco-colombiana em 2003, e viajará também a Florença (centro), onde receberá o mesmo reconhecimento.

Em 6 de fevereiro, a mãe de Betancourt, Yolanda Pulecio, esteve durante alguns momentos com o papa, após a tradicional audiência geral das quartas-feiras.

Naquela ocasião, a mãe de Betancourt tinha pedido orações para a vida da filha e dos outros reféns das Farc. EFE ccg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG