Papa Bento XVI pede a líderes do O. Médio garantias de liberdade de culto

Cidade do Vaticano, 19 jun (EFE).- O papa Bento XVI pediu hoje aos líderes do Oriente Médio que se comprometam com a paz e garantam a liberdade de culto, em discurso perante a Assembléia da Reunião das Obras para a Ajuda às Igrejas Orientais (Roaco).

EFE |

"Lanço uma chamada aos responsáveis das nações para que se ofereça ao Oriente Médio, e especialmente à Terra Santa, ao Líbano e Iraque, a paz tão desejada e a estabilidade social, respeitando os direitos fundamentais da pessoa, incluindo a liberdade religiosa", disse o papa.

O pontífice acrescentou que a paz é "o único caminho para fazer frente ao grave problema dos refugiados, e para frear a emigração, sobretudo cristã, que é uma ferida grave para as Igrejas Orientais".

EFE alg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG