Papa Bento 16 reconhece a 1ª santa da Índia

O papa Bento 16 canonizou mais quatro beatos neste domingo, criando entre eles a primeira santa da Índia, Irmã Alphonsa. Batizada como Anna Muttathupadathu, Alphonsa da Imaculada Conceição viveu no Estado de Kerala, no sul da Índia, onde uma série de curas milagrosas são atribuídas a ela.

BBC Brasil |

Irmã Alphonsa nasceu em 1910 e morreu em 1946, depois de uma vida marcada por inúmeras doenças.

Durante a sua cerimônia de canonização, no Vaticano, o papa lembrou a recente onda de violência contra cristãos na Índia e no Iraque.

Equatoriana
Bento 16 também canonizou uma equatoriana que não seguiu a vida religiosa enquanto era viva, Narcisa de Jesús Martillo Morán (1832-1869).

Milhares de pessoas foram à cidade equatoriana de Nobol, onde nasceu a santa, para acompanhar pela TV a cerimônia de canonização e uma missa.

Morán viveu parte da sua vida em Lima, no Peru, onde viveu ajudando os pobres até sua morte.

Também foram canonizados o italiano Gaetano Errico (1791-1860), fundador da ordem Congregação dos Missioneiros dos Sagrados Corações, e a freira suíça Maria Bernarda Butler (1848-1924), que viveu no Equador e na Colômbia.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG