Papa afirma que todo crente passa por crise de fé

Cidade do Vaticano, 6 abr (EFE).- O papa Bento XVI afirmou hoje que todos os crentes passam por momentos de crise de fé e que por isto o relato dos discípulos no caminho de Emaús representa o caminho de uma purificação e amadurecimento da crença em Deus.

EFE |

O líder da Igreja Católica afirmou isto diante de milhares de pessoas que acompanharam a Regina Coeli, oração que substitui o Angelus no período da Páscoa, na praça de São Pedro.

O papa lembrou que a mensagem deste domingo é o relato dos discípulos que seguiam para Emaús e que não reconheceram seu mestre ressurrecto - que já havia sido crucificado - até cearem com ele.

Bento XVI disse que Emaús não foi localizada com certeza e que tudo leva a pensar que esta localidade representa "na verdade qualquer lugar, o caminho de cada cristão".

O pontífice acrescentou que, durante a conversa com Jesus, os discípulos não reconhecem seu mestre.

"Quem não experimentou na sua vida um momento como este?", perguntou o papa, que acrescentou que "às vezes a fé entra em crise por causa de experiências negativas que nos fazem sentir abandonados e traídos pelo Senhor".

Segundo Bento XVI, o caminho para Emaús "se tornou uma via de purificação e de amadurecimento de nosso crer em Deus, já que nosso encontro com o Cristo ressurrecto nos dá uma fé mais profunda e autêntica, mais fortalecida e autêntica".

O papa exortou os presentes a rezarem para que cada cristão em cada comunidade reviva a experiência dos discípulos de Emaús. EFE jl/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG