Papa aconselha austeridade na luta contra a pobreza

O Papa Bento XVI recomendou nesta quarta-feira austeridade aos católicos e a renúncia às propriedades materiais para resolver o grande problema da pobreza durante a audiência geral na praça de São Pedro no Vaticano.

AFP |

"Não devemos depender das propriedades materiais", afirmou Bento XVI.

"A pobreza pessoal é um elemento essencial para os monges, mas também é um caminho para todos nós".

"Devemos aplicar a renúncia, a simplicidade, a austeridade e a sobriedade, porque apenas desta maneira pode triunfar uma sociedade solidária e pode ser superado o grande problema da pobreza", completou.

O Sumo Pontífice também pediu aos fiéis que "não caiam na tentação de transformar a própria vontade na primeira regra da vida".

"A tendência do homem após o pecado original é transformar a própria vontade em regra de vida (...) e submeter o restante a esta vontade, mas desta maneira o tecido social não funciona", destacou Bento XVI.

O Papa pediu ainda aos católicos que respeitem as regras comuns para sanar a soberba que reina atualmente no mundo.

bur-kv/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG