A Bolsa de Nova York caía nesta quinta-feira à tarde, em meio à brusca aceleração dos temores relativos às dívidas soberanas na Europa. O Dow Jones perdia 4,49% e o Nasdaq, 4,47%.

A Bolsa de Nova York caía nesta quinta-feira à tarde, em meio à brusca aceleração dos temores relativos às dívidas soberanas na Europa. O Dow Jones perdia 4,49% e o Nasdaq, 4,47%.

"É um pânico nos mercados", comentou Gregori Volokhine, da Meeschaert New York.

Os índices continuavam sua queda, depois que o Dow Jones chegou a perder mais de 9% em poucos minutos.

Às 18h55 GMT (15h55 de Brasília), o Dow Jones Industrial Average perdia 487,53 pontos, para 10.380,59 pontos, e o Nasdaq, composto principalmente por empresas do setor de tecnologia, baixava 107,31 pontos, para 2.294,98 pontos.

O índice ampliado Standard & Poor's 500 retrocedia por sua vez 4,36% (50,89 pontos), para 1.115,01 pontos.

"Há temor de que se os protestos se agravarem na Grécia, o governo retroceda. A ajuda será suspensa e o país se veria obrigado a declarar calote da dívida", explicou Volokhine, afirmando que a violenta queda dos mercados coincidiu com as imagens transmitidas pela TV das manifestações na Grécia.

Paralelamente, o euro caía fortemente frente ao dólar, operando abaixo do 1,26 dólar.

mla/sl/lb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.