Paris, 29 dez (EFE).- Uma pane elétrica ocorrida no domingo mantém sem aquecimento, luz, telefone e sistema de segurança a prisão de Mont-de-Marsan (sul da França), inaugurada em novembro e da qual foram evacuados seus 87 reclusos, informam hoje diferentes meios de comunicação e órgãos franceses.

O problema, que deve ser resolvido ainda hoje, teve início às 7h de domingo (4h de Brasília), com uma forte explosão seguida de outras três de menor intensidade, declarou um dos funcionários do centro penitenciário à emissora "RTL".

O incidente foi "muito grave" e poderia ter provocado uma verdadeira "catástrofe", pois a prisão ficou sem qualquer medida de segurança, ressaltou.

Felizmente, acrescentou o empregado, menos de cem pessoas cumpriam pena na penitenciária, com capacidade para 690 reclusos.

O curto-circuito que causou o problema e que fez a temperatura dentro da prisão cair para 6°C pode ter sido provocado por um problema na fabricação dos materiais utilizados, segundo fontes da União Federal Autônoma das Penitenciárias (UFAP).

As explosões foram seguidas de um pequeno início de incêndio, que, no entanto, foi controlado a tempo. EFE lg/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.