Panda dá à luz gêmeos após inseminação

Pequim, 19 ago (EFE).- A primeira ursa panda gigante que nasceu por inseminação artificial, Lousheng, deu à luz, através da mesma técnica, gêmeos que pesam cerca de 150 gramas cada e que se encontram em muito bom estado, informou hoje a agência de notícias Xinhua.

EFE |

Os tratadores do centro onde fica a mamãe panda, situado na cidade de Zhouzhi, só descobriram que a ursa estava prenhe dez dias antes do nascimento dos gêmeos.

Neste centro da China, vivem 20 exemplares de panda, incluindo os dois novos filhotes.

O urso panda é original do país asiático e, atualmente, 1,59 mil animais vivem livremente nas zonas montanhosas do país, principalmente nas províncias de Sichuan, Shaanxi e Gansu. EFE scf/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG