Panamá investiga nova suspeita de gripe suína e descarta 2

Panamá, 28 abr (EFE).- As autoridades sanitárias panamenhas realizam hoje exames em uma pessoa suspeita de estar com a gripe suína, após sua chegada ao país procedente do México, e descartaram outros dois casos que estavam em estudo, informou uma fonte oficial.

EFE |

A chefe de Epidemiologia do Ministério da Saúde do Panamá, Gladys Guerrero, disse à "RPC Radio" que foi internado na madrugada passada um paciente que tinha chegado ontem à noite a este país, procedente do México, com sintomas parecidos com os da gripe suína.

Acrescentou que este paciente, que não foi identificado, foi isolado no hospital, enquanto são retiradas amostras de laboratório para confirmar se é esta doença ou descartar o caso.

Guerrero disse que os exames de laboratório realizados em dois pacientes suspeitos que tinham chegado ao país procedentes do México no fim de semana passado indicam que estas pessoas não estão infectadas com a doença.

A funcionária disse que o Panamá, por ser um país de passagem, deve registrar muitos casos suspeitos de gripe suína.

As autoridades panamenhas de saúde declararam na sexta-feira passada alerta sanitário diante do foco de gripe suína no México.

EFE rsm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG