Paloma, que neste momento varre a zona das ilhas Caimán, ganhou força e se transformou em furacão da categoria dois na escala Saffir-Simpson (1 a 5), com ventos firmes de 165 km por hora, revelou nesta sexta-feira o Centro Nacional de Furacões (NHC, sigla em inglês), com sede em Miami.

Às 21H00 GMT (19H00 Brasília), o centro de Paloma se encontrava 70 km ao sul de Gran Caimán e a 465 km a sudoeste de Camagüey, em Cuba, destacou o NHC.

"Paloma é agora furacão da categoria dois na escala Saffir-Simpson", informou o Centro Nacional de Furacões, advertindo que pode ganhar força e atingir a categoria três nas primeiras horas de sábado.

ao/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.