Palin abusou de poder ao demitir comissário, conclui investigação

Washington, 10 out (EFE).- O Conselho Legislativo que investiga a candidata à Vice-Presidência dos Estados Unidos, Sarah Palin, determinou que a também governadora do Alasca abusou de seu poder ao demitir um comissário de segurança pública.

EFE |

A investigação foi aberta para esclarecer se o comissário Walter Monegan foi despedido por ter resistido às pressões para dispensar o agente Mike Wooten, depois que este se divorciou da irmã de Palin na Justiça. EFE ca/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG