Ramala, 19 mai (EFE).- A Organização para a Libertação da Palestina (OLP) descartou retomar conversas de paz até que Israel pare com a construção de assentamentos nos territórios ocupados.

Assim disse hoje Yasser Abed Rabbo, dirigente da OLP, ao afirmar que "nunca haverá negociações até que parem os assentamentos".

"Já não estamos ansiosos para sentar com os israelenses e trocar ideias enquanto eles mudam a situação em Jerusalém e Cisjordânia", explicou.

Abed Rabbo respondia assim às declarações do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, que ontem afirmou em Washington que o Governo está preparado para retomar o diálogo de paz com a Autoridade Nacional Palestina (ANP). EFE Sa'ar/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.