Palestinos protestam contra entrada de chanceler francesa em Gaza

Manifestantes cercaram carro da ministra em protesto contra apoio dado por ela à família de soldado israelense sequestrado

iG São Paulo |

Manifestantes palestinos tentaram impedir nesta sexta-feira a entrada na Faixa de Gaza da ministra de Relações Exteriores da França, Michèle Alliot-Marie. A comitiva da chanceler tentava cruzar a passagem fronteiriça de Erez quando dezenas de homens rodearam seu carro em protesto ao apoio dado por ela à família de um soldado israelense sequestrado por milícias palestinas em 2006.

Reuters
Manifestantes tentam impedir entrada de chanceler francesa Michèle Alliot-Marie na Faixa de Gaza

Na quinta-feira, Michèle visitou a família do militar Gilad Shalit em Jerusalém e disse que a França "está usando todos os meios a seu alcance para conseguir sua libertação".

Durante o encontro, o pai do soldado, Noam Shalit, pediu à ministra que faça pressão para que a União Europeia condene a prisão de seu filho como "um crime de guerra". No entanto, vários meios de comunicação, inclusive a rádio isralense, disseram que o comentário tinha sido feito por Michèle, provocando revolta.

O porta-voz do grupo palestino Hamas, Sami Abu Zuhri, afirmou que o comentário reflete a parcialidade da ministra em favor de Israel e ignora a enorme quantidade de palestinos presos por israelenses.

Depois de conseguir entrar na Faixa de Gaza, a chanceler foi alvo de novo protesto ao visitar um hospital em Al-Quds. Cerca de 30 palestinos a vaiaram e jogaram ovos em seu carro.

Em discurso no Centro Cultural Francês em Gaza, Michèle defendeu o fim do bloqueio israelense imposto ao território. "O bloqueio de Gaza provoca pobreza e nutre a violência. Em nome dos valores de liberdade e dignidade que compartilhamos, a França pede a Israel que acabe com isto", afirmou.

A chanceler disse, ainda, que a França "não abandonará" Gaza. "Estamos mobilizados pela paz e pelo desenvolvimento da Palestina", completou.

A ministra francesa começou uma viagem pelo Oriente Médio na quinta-feira. Ela ainda deve passar por Egito e Jordânia.

Com EFE e AP

    Leia tudo sobre: gazafrançaisraelhamaspalestinosoriente médio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG