Palestinos feridos levados para o Egito chegam a 219

Cairo, 11 jan (EFE).- O Ministério da Saúde egípcio informou hoje que 219 palestinos feridos atravessaram a passagem de Rafah em direção ao Egito desde o início da ofensiva israelense contra a Faixa de Gaza, em 27 de dezembro.

EFE |

Segundo um comunicado do ministério, citado pela agência oficial "Mena", desses feridos, que estão acompanhados por 215 parentes, 60 foram levados do Egito para outros países árabes, como Arábia Saudita, Jordânia, Marrocos e Líbia, para que continuassem se tratando.

A nota acrescenta que nos hospitais egípcios morreram 16 feridos, cujos corpos estão sendo preparados para serem levados de volta para Gaza.

A passagem fronteiriça de Rafah permaneceu aberta durante 15 dias para permitir a entrada no Egito dos feridos palestinos e o envio de ajuda humanitária à faixa territorial, diz a "Mena".

Hoje, chegaram ao aeroporto da cidade egípcia de Al Arish, próxima à fronteira com Gaza, dois aviões com 50 toneladas de ajuda humanitária.

Segundo a "Mena, cerca de 50 aviões com ajuda aterrissaram no aeroporto desde o início da ofensiva israelense. EFE hh/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG