Palestinos entraram em choque com a polícia israelense em Jerusalém Oriental. Os confrontos ocorreram durante manifestações contra a construção de novos assentamentos judaicos na região e a reabertura de uma sinagoga.

Os manifestantes queimaram pneus e atiraram pedras contra os policiais, que responderam com granadas de efeito moral.

O governo israelense enviou três mil agentes para reforçar a segurança na região, que é predominantemente árabe.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.