patrimônio arqueológico de Israel. " / patrimônio arqueológico de Israel. " /

Palestinos enfrentam soldados israelenses ao redor de santuários

Vários incidentes foram registrados nesta segunda-feira entre palestinos e soldados israelenses em Hebron, na Cisjordânia, após o desejo manifestado pelo primeiro-ministro Benjamin Netanyahu de incluir um santuário dessa cidade palestina no http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2010/02/21/israel+vai+transformar+locais+em+territorio+palestino+em+patrimonio+nacional+9404262.html target=_toppatrimônio arqueológico de Israel.

AFP |

Dezenas de jovens palestinos jogaram pedras contra um posto de controle do Exército, que respondeu com gás lacrimogêneo e bombas de efeito moral. Os soldados também utilizaram balas de borracha.

Escolas e lojas fecharam as portas em sinal de protesto e uma greve foi declarada em Hebron.

No domingo, Netanyahu anunciou a intenção de incluir no patrimônio dos lugares históricos de Israel dois santuários na Cisjordânia ocupada, em Hebron e Belém, localidades conturbadas por tensões político-religiosas entre palestinos e israelenses.

O Túmulo de Raquel, onde segundo a tradição está enterrada a matriarca bíblica, é um santuário judaico e constitui um enclave israelense na cidade autônoma palestina de Belém.

O Túmulo dos Patriarcas (da Bíblia) em Hebron - a Mesquita de Ibrahim (nome muçulmano de Abraão) para o islã - é ao mesmo tempo um santuário judaico e muçulmano. O anúncio foi muito criticado pela Autoridade Palestina .

Leia mais sobre Cisjordânia

    Leia tudo sobre: cisjordânia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG