Um palestino morreu nesta segunda-feira perto de um posto de controle em uma estrada na região de Nablus, no norte da Cisjordânia, vítima de disparos de soldados israelenses, informaram fontes militares de Israel.

O palestino se aproximou de "maneira suspeita da barreira e parecia levar consigo um artefato explosivo". Os soldados ordenaram que parasse, mas ele continuou se aproximando, o que levou aos disparos, segundo as mesmas fontes.

Pelo menos 470 pessoas, a maioria palestinos membros de grupos armados radicais, já morreram desde que as negociações de paz entre israelenses e palestinos foram relançadas, em novembro do ano passado, na cidade americana de Anápolis, segundo levantamento da AFP.

jlr/ap/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.