Países do Pacífico testam sistema de alarme para tsunamis

Paris, 22 out (EFE).- Mais de 20 países que tem costa no oceano Pacífico porão a toda prova o sistema de alarme para tsunamis em um exercício de simulação que acontecerá entre 28 e 30 deste mês, informou hoje a Organização da ONU para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

EFE |

O exercício, chamado "Onda do Pacífico 08", o segundo realizado desde a criação do dispositivo, deve servir para avaliar seu funcionamento, reforçar o grau de preparação para esse tipo de catástrofes e melhorar a coordenação em toda região.

A Unesco explicou, em comunicado, que no continente americano está prevista a participação de Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Equador, Estados Unidos, Nicarágua e Peru.

Outros países com costas também no Pacífico são China, Coréia do Sul, França (pela Polinésia Francesa e Nova Caledônia), Ilhas Cook, Japão, Malásia, Nova Zelândia, Rússia, Samoa, Cingapura, Tailândia e Micronésia.

Será simulado um alerta de tsunami desencadeado por um terremoto de grande intensidade no litoral nordeste do Japão, e que se estenderá por todo o oceano até chegar, 24 horas mais tarde, às costas da América do Sul.

Os centros especializados de Tóquio, Havaí e Alasca emitirão boletins de alerta enviados aos centros de coordenação competentes em cada país.

A experiência servirá para detectar os pontos fracos e fortes do sistema de prevenção, o que exigirá a tomada de decisões e a adoção de todas as medidas preliminares pertinentes, sem chegar, no entanto, a criar alarde entre a população.

O exercício da próxima semana foi decidido na 22ª reunião do Grupo Intergovernamental de Coordenação do Sistema de Alarme contra Tsunamis e Atenuação de seus Efeitos no Pacífico, realizada na cidade equatoriana de Guayaquil, em outubro do ano passado. EFE ac/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG