Países do G.Pérsico trocarão dados para evitar propagação da gripe

Riad, 9 mai (EFE).- Os membros do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) decidiram hoje designar um responsável em cada um de seus Estados para trocar informações sobre a gripe suína e, assim, coordenar suas políticas frente ao vírus A (H1N1).

EFE |

O subsecretário do Ministério da Saúde saudita para Assuntos de Serviços Médicos, Youssef al-Nesf, fez o anúncio após uma reunião com seus colegas do CCG, que foi realizada em Riad.

O responsável sanitário afirmou que os países da organização, formada por Arábia Saudita, Kuwait, Emirados Árabes Unidos, Barein, Catar e Omã, decidiram a nomeação dos responsáveis da troca de dados sobre o vírus A (H1N1) em um prazo máximo de um mês.

Nesf destacou que o objetivo da medida é unificar os esforços do CCG conforme aos critérios estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para adotar medidas imediatas contra a gripe.

Nesse sentido, explicou que os subsecretários avaliaram também a importância de definir um plano estratégico para prevenir o contágio da doença, e estudar os remédios e vacinas requeridos pelos países do CCG para proteger seus habitantes.

Nesf indicou que, na reunião, foi ressaltada a importância de aumentar a coordenação e a troca de informação com organizações internacionais como a OMS, e os centros de luta contra as epidemias.

As autoridades sanitárias desses seis estados não anunciaram até agora a detecção de nenhum caso do vírus A (H1N1) em seu território.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE as-aj/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG