Países do euro vão desacelerar até parar, diz Comissão Européia

A Comissão Européia anunciou nesta segunda-feira que os países zona do euro estão à beira de uma recessão, com retração de 0,2% na economia no segundo trimestre do ano. Em 2009, a economia da União Européia deve desacelerar até parar, afirma um comunicado da Comissão.

BBC Brasil |

A redução do crescimento marcará a primeira recessão da zona do euro desde a entrada em vigor da moeda, em 1999.

Os números apresentados nesta segunda-feira também indicam crescimento negativo de 0,1% no terceiro e quarto trimestre do ano.

A previsão de crescimento é de 0,1% no próximo ano e 0,9% em 2010.

Inflação baixa
Todos os itens analisados há 11 anos pelo índice Purchasing Managers Index, da Markit Economics, atingiram o nível histórico mais baixo: produção, novos pedidos, ordens de exportação e compras.

O principal índice da Markit Economics caiu para 41,1 pontos. Qualquer índice abaixo de 50 representa uma contração na produção de bens.

As empresas européias também cortaram os empregos no ritmo mais acelerado desde janeiro de 2002.

Todos os países da região tiveram queda nos novos pedidos e na produção de manufaturados. As quedas foram mais acentuadas na Alemanha, França, Itália, Espanha, Áustria e Irlanda.

Os estoques de bens encalhados a espera de compradores atingiram o nível mais alto.

"Com os estoques de produtos não-vendidos aumentando em ritmo recorde devido às vendas fracas, mais cortes de produção e emprego devem acontecer nos próximos meses", disse Chris Williamson, economista-chefe da Markit Economics.

Mas os consumidores também tiveram algumas notícias boas. Com a queda na demanda e do preço das commodities, inclusive do preço do petróleo, a inflação caiu para o menor nível em três anos.

"A velocidade assustadora da queda foi acompanhada por um rápido alívio nas pressões inflacionárias."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG