Tamanho do texto

Toyako (Japão), 9 jul (EFE).- Os líderes de 16 economias desenvolvidas, que são os maiores emissores mundiais de dióxido de carbono, reivindicaram hoje em Hokkaido (norte do Japão) cortes profundos nas emissões globais de CO2.

EFE psh/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.