Países de língua portuguesa debaterão segurança alimentar no Brasil

Lisboa, 2 jun (EFE).- As oito nações da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) prepararão um plano de segurança alimentar na reunião de ministros que acontecerá quinta-feira em Brasília, informou hoje o Governo português.

EFE |

A CPLP, integrada por Brasil, Portugal e outras seis ex-colônias portuguesas, tem uma população total de 240 milhões de pessoas - quase 190 milhões só de brasileiros - e um Produto Interno Bruto (PIB) de US$ 700 bilhões.

O ministro de Agricultura e Pesca português, Jaime Silva, cujo país encontra-se à frente da CPLP este ano, será o representante de Portugal na reunião, que tem como objetivo a elaboração do chamado Plano de Ação em Segurança Alimentar e Nutricional dos Estados-membros da CPLP.

No encontro, os ministros também analisarão a criação de um Centro de Excelência em segurança alimentar, que, segundo porta-vozes do ministério português, vai estudar os problemas vinculados aos ciclos produtivos e comerciais dos alimentos.

A CPLP celebrou sua última cúpula anual em julho do ano passado, em Lisboa. Nela, acordou a realização de várias reuniões setoriais de ministros e técnicos, propostas para reforçar o debate de questões de interesse comum e estimular a cooperação entre os oito países-membros.

Além de Portugal e Brasil, são membros da CPLP: Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. EFE prl/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG