Países da UE pedem à Comissão ditame sobre solicitação da Islândia

Bruxelas, 27 jul (EFE).- Os 27 países da União Europeia (UE) encomendaram hoje à Comissão Europeia (órgão executivo do bloco) um ditame sobre a solicitação de adesão islandesa, que superou, assim, um novo trâmite, informaram à Agência Efe fontes diplomáticas.

EFE |

Neste relatório, o Executivo da UE repassa as condições legislativas, políticas e econômicas do potencial candidato, e identifica os pontos nos quais é necessário negociar para adequar totalmente sua normativa à comunitária.

No caso da Islândia, que já aplica 75% dos requerimentos da União Europeia, as discussões deverão se concentrar em pesca e agricultura.

Após a Comissão finalizar o ditame, voltará a enviá-lo ao Conselho, que, por sua vez, terá que aprovar a concessão do status de candidato à Islândia.

Neste momento, começarão as negociações propriamente ditas, em processo que pode durar cerca de dois anos e meio, segundo a maioria dos prognósticos.

A Islândia segue na lista de solicitações a Albânia, que comunicou este ano seu desejo de negociar a adesão, e Montenegro, que fez o mesmo no ano passado.

Tanto a UE quanto Reykjavik insistiram em que a Islândia será tratado como qualquer outro país que busque entrar na UE, mas se dá por certo com que o processo será mais simples que no caso dos balcânicos.

O ministro de Assuntos Exteriores sueco, Carl Bildt, insistiu hoje em que "não há uma via rápida, mas uma via mais curta" para sua entrada na UE, frente a candidatos como os balcânicos.

"As situações de uns e outros são muito, muito diferentes", disse o sueco, cujo país preside este semestre a União Europeia. EFE met/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG