Países bálticos apóiam a Geórgia

Mais de mil pessoas foram às ruas de Riga, capital da Letônia, nesta segunda-feira, pedindo o fim da campanha russa contra a Geórgia, enquanto outras centenas protestavam nos vizinhos Estônia e Lituânia.

AFP |

Em Riga, a multidão, que incluía letonianos e membros da comunidade georgiana local, reuniu-se no Monumento da Liberdade, que representa a independência do país em relação a Moscou, de acordo com um correspondente da AFP.

Levando bandeiras georgianas e rosas brancas, além de faixas com frases como "Não encoste na Geórgia", eles marcharam na direção da embaixada russa.

Uma dúzia de manifestantes da minoria russa falante da Letônia também foi às ruas, e pelo menos dois foram detidos por perturbar a manifestação inicialmente pacífica, que terminou na embaixada georgiana.

Na Estônia, cerca de 500 pessoas se reuniram na capital, Tallinn, em apoio à Geórgia, enquanto várias outras protestaram do lado de fora da embaixada russa em Vilnius, capital da Lituânia.

Assim como a Geórgia, os três Estados bálticos se tornaram independentes do gigante soviético, em 1991.

Estônia, Letônia e Lituânia, que se integraram à Otan e à União Européia em 2004, são sólidos aliados da Geórgia e pressionaram o Ocidente para adotar uma posição dura com Moscou em relação a esse conflito separatista.

jau/tt/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG