Países árabes se reunirão para discutir crise em Gaza

Cairo, 12 jan (EFE).- Os 22 ministros de Assuntos Exteriores árabes vão se reunir, na próxima sexta-feira, no Kuwait, para estudar os passos que devem ser adotados após a rejeição israelense da última resolução do Conselho de Segurança da ONU sobre Gaza.

EFE |

O secretário-geral da Liga Árabe, Amre Moussa, explicou hoje aos jornalistas na sede da organização no Cairo que a reunião será uma resposta a um pedido do ministro de Assuntos Exteriores do Catar, xeque Hamad bin Yassin bin Jaber al-Thani.

Thani, que pediu uma cúpula de urgência, disse que o único assunto na agenda será o papel árabe na crise, que se destacou por seu fracasso no momento de oferecer apoio aos palestinos da Faixa de Gaza.

Os ministros de Assuntos Exteriores árabes se encontraram, em 31 de dezembro, no Cairo, para pedir que o Conselho de Segurança da ONU se reunisse de forma imediata para deter a agressão israelense em Gaza.

O Conselho de Segurança da ONU aprovou na quinta-feira passada uma resolução, com a abstenção dos EUA, que pedia um cessar-fogo na Faixa de Gaza.

Tanto o grupo islamita palestinos Hamas, que controla a faixa, como Israel rejeitaram o cessar-fogo. EFE nq/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG