Riad, 8 mai (EFE).- O Conselho de Cooperação do Golfo Pérsico (CCG) lamentou hoje os enfrentamentos entre os seguidores da oposição e a maioria parlamentar no Líbano, e pediu moderação e sensatez às duas partes.

"Todos os grupos devem solucionar as divergências com sensatez para garantir a segurança, a estabilidade e a unidade do Líbano", disse o secretário-geral do CCG, Abdel-Rahman al-Attiyah.

Além disso, ressaltou a "necessidade urgente de esforços (de mediação) para pôr fim à crise e chegar a uma solução de compromisso sobre todas as questões que dividem e preocupam os libaneses", em alusão sobretudo ao vazio presidencial vivido no Líbano há seis meses.

O CCG, com sede na Arábia Saudita, é integrado por Kuwait, Catar, Barein, Emirados Árabes Unidos e Omã, além do reino wahhabista.

A Arábia Saudita, que desempenha papel de mediador na crise libanesa, advertiu hoje para o risco de agravamento da situação no Líbano, e acusou "forças extremistas estrangeiras" de impedir uma solução para o impasse. EFE ma/gs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.