Pais matam filho recém-nascido com 44 tesouradas no Chile

Santiago do Chile, 13 mai (EFE).- Um recém-nascido foi assassinado hoje com 44 tesouradas por seus pais, possivelmente após sua mãe dar à luz em casa na cidade de Valparaíso (Chile), informou a Polícia.

EFE |

O fato aconteceu na madrugada desta terça-feira e, segundo a Seção de Investigações Policiais (SIP), os pais cometeram o crime logo após o parto.

O crime foi descoberto no Hospital Carlos Van Buren, em Valparaíso, para onde a avó do recém-nascido levou o corpo dentro de uma lixeira, alegando que sua filha tinha sofrido aborto, o que foi desmentido imediatamente pelos médicos.

A menina, com 39 semanas de gestação, apresentava 44 ferimentos profundos na cabeça, rosto, tronco, pescoço, abdômen e extremidades.

Segundo a Polícia, a mãe, identificada como Alejandra Zamora Henríquez, de 18 anos, usou a tesoura para cortar o cordão umbilical e fez dois ferimentos no bebê.

Em seguida, o pai da criança, Jonathan Gatica Palacios, de 25 anos, provocou 40 ferimentos pungentes com a mesma tesoura na cabeça, tórax, abdômen e extremidades do recém-nascido.

Tanto Alejandra quanto Jonathan foram indiciados por infanticídio e estão presos preventivamente. EFE mw/wr/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG