Pais de Blake querem impedir que ele fique com Amy Winehouse se for liberado

Londres, 20 jul (EFE).- O marido de Amy Winehouse, Blake Fielder-Civil, poderia ficar em liberdade nesta segunda-feira, mas os sogros da cantora britânica querem impedir que o casal se reencontre até que ela se desintoxique, revelou hoje o tablóide sensacionalista News of the World.

EFE |

Um juiz de Londres deve emitir esta segunda-feira uma sentença no processo judicial de Blake, em prisão preventiva acusado de agredir o dono de um pub de Londres em junho de 2006 e de obstrução judicial por oferecer à vítima dinheiro em troca de que retirasse a acusação e deixasse o país.

Blake, que se declarou culpado de ambas as acusações, poderia ser liberado, porque já passou nove meses na prisão.

Sua mãe, Georgette, confessou em entrevista ao tablóide que está terrivelmente assustada por que, uma vez livre, Blake deve se encontrar com Amy, o que, em sua opinião, "poderia ser uma sentença de morte para ambos".

Por isso, os pais de Blake vão entregar uma carta ao juiz do caso para pedir que mande o marido da cantora ficar na casa da família no condado de Lincolnshire (leste da Inglaterra) para mantê-lo afastado da artista.

"Blake acredita que vai ser o salvador de Amy e se propôs a tentar que deixe as drogas. Mas Amy é completamente instável. Blake é um viciado que está se recuperando e não é suficientemente forte para resistir à tentação", disse a mãe do preso ao periódico.

"Se eles se reunirem, eu sei que voltarão às drogas em questão de dias. Os traficantes vão pipocar em torno de Blake e Amy. Eles são garantia de compra para os traficantes", disse.

"Então, a Polícia será chamada, Blake será preso e mandado de novo para a prisão", acrescentou.

Em uma dramática confissão, Georgette expressou, além disso, temores de que, uma vez juntos, o casal se tranque em um quarto de hotel, "onde há um perigo real de que tenham uma overdose".

A mãe de Blake, que irá pessoalmente entregar o pedido ao juiz, sabe que se acatar a solicitação, Amy ficará "irada", mas considera que a cantora precisa se internar em um centro de desintoxicação e ficar ali o tempo necessário até que esteja limpa.

"Amy tem que demonstrar suficientemente que quer deixar as drogas. Então, uma vez que os dois estejam limpos, podem ter um futuro de verdade juntos", disse. EFE ep/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG