Os pais da cantora britânica Amy Winehouse disseram em uma entrevista à televisão britânica que ela não admite que é viciada em drogas e continua consumindo grande quantidade de bebidas alcoólicas. É extremamente necessário ajudá-la.

Amy age o tempo todo como se nada de grave estivesse ocorrendo", afirmou a mãe da cantora, Janis, ao canal de televisão ITV.

O pai, Mitch, que coloca a culpa do vício de Winehouse no ex-marido da cantora, Blake Fielder-Civil, disse que ela está se submetendo a um tratamento contra o uso de drogas, mas continua bebendo.

"Eu tentei de tudo. Disse: 'Amy, você tem que ver este médico, tem que fazer isso, tem que fazer aquilo... você está me matando, está matando a sua mãe.' Nada disso funcionou", afirmou Mitch.

Reconciliação
O pai de Winehouse disse que não acredita em uma reconciliação entre a cantora e seu ex-marido.

"A alternativa de eles voltarem a ficar juntos é horrível demais para ser considerada", disse Mitch.

"Eles vão se divorciar, e ninguém sabe o que vai acontecer depois. Amy e Blake decidiram que querem seguir suas vidas separadamente. Se quiserem reatar, e estiverem livres das drogas e apaixonados um pelo outro, só cabe a eles decidir", conformou-se.

A saúde de Amy Winehouse tem sido alvo de especulações nos últimos anos.

No ano passado, ela foi tratada após ter sido diagnosticada com "traços" de efisema pulmonar. Além disso, passou várias vezes por clínicas de reabilitação contra drogas.

"Eu apenas quero que ela fique bem, e farei o que for necessário para isso", disse Janis Winehouse. "Amy provavelmente se sente presa em seu próprio corpo. Mas eu sei que com o vício, você não tem escolha porque é a própria droga que comanda você."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.