Pais alugam cães para farejar drogas de filhos nos EUA

Uma empresa americana está alugando cães farejadores para que pais preocupados possam fazer uma inspeção no quarto dos filhos em busca de drogas. A empresa Sniff Dogs, com unidades nos Estados de Nova Jersey e Ohio, aluga os cães e seus tratadores por US$ 200 por hora.

BBC Brasil |

A dona da empresa, Debra Stone, disse à rede de televisão americana ABC que os cinco cães da Sniff Dogs têm um faro tão sensível que podem descobrir vários tipos diferentes de drogas, incluindo heroína, cocaína, metanfetamina e ecstasy.

Os cães também seriam capazes de sentir cheiro de maconha a uma distância de cinco metros e traços da erva na roupa mesmo se a droga tiver sido fumada duas noites antes.

Um dos cães, um pastor alemão chamado Ali, passou oito anos trabalhando na divisão de narcóticos da polícia americana antes de se aposentar e agora só se dedica ao trabalho na empresa.

Serviço discreto
A Sniff Dogs diz que oferece um serviço "discreto" e evita o desconforto dos pais que exigem que os filhos se submetam a um teste para comprovar que não usam drogas, já que os cães podem ser utilizados até mesmo sem o conhecimento dos jovens.

"A maioria dos jovens nega (que usa drogas), e aí o que você faz?", perguntou Pat Winterstein, uma das usuárias do serviço, à ABC. Ela tem três filhos, o mais jovem de 14 anos.

"Não saber é preocupante", diz a americana. "É bom saber que há algo que você pode fazer."
Por outro lado, o psicólogo americano Neil Bernstein, autor do livro How to Keep Your Teen out of Trouble ("Como Manter o seu Adolescente Longe de Problemas", em tradução livre), adverte que o uso dos cães da Sniff Dogs pode ser invasivo demais e atrapalhar a relação entre pais e filhos.

"Quando os pais fazem isso, desgastam a confiança", afirmou Bernstein.

O site da Sniff Dogs diz que o serviço pode também ser usado por empresários interessados em saber se seus funcionários estão usando drogas no local de trabalho.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG